19 de fevereiro de 2008

94% dos enfermeiros da Santa Casa investem em pós-graduação

A implementação de processos de educação continuada na área de enfermagem, somada ao empenho em se alcançar a Acreditação (certificação) da instituição junto à Organização Nacional de Acreditação, estimulou os enfermeiros da Santa Casa de Maceió a investir em cursos de pós-graduação ou mestrado. É o que revela o Relatório Anual da Educação Continuada, referente ao período de janeiro a dezembro de 2007.
Enquanto em 2006, cerca de 14 enfermeiros não possuíam cursos de pós-graduação, no ano passado esse número caiu para apenas quatro. O percentual de profissionais que investiram em algum tipo de especialização aumentou de 20% em 2006 para 42% em 2007, o que revela um interesse crescente dos profissionais de enfermagem pela atualização de conhecimentos.
Segundo o relatório, dos 72 enfermeiros da instituição, 42% são pós-graduados, 42% estão fazendo pós-graduação, 10% são mestrandos e apenas 6% (quatro profissionais) não estão inscritos em nenhum curso.
“A busca dos enfermeiros da Santa Casa pela pós-graduação ganhou maior interesse com o início do processo de Acreditação da instituição, além de permitir um maior domínio de sua área de atuação e de uma maior segurança e rapidez nos resultados apresentados”, diz a supervisora da Educação Continuada, Josely Barros.

19 de fevereiro de 2008