10 de setembro de 2017

Confira o trabalho dos profissionais na Santa Casa quando há suspeita de sepse

Equipe da Emergência 24 Horas corre contra o tempo para assistir paciente

Em 2011, a Santa Casa de Maceió implementou o gerenciamento do Protocolo de Sepse envolvendo toda equipe multiprofissional do hospital e suas unidades assistenciais.

O resultado foram centenas de vidas salvas, principalmente na Emergência 24 Horas, unidade que registrou o maior número de abertura deste protocolo (41% do total realizado no hospital) entre janeiro e setembro do ano passado.

Na Emergência 24 Horas da Santa Casa de Maceió a atenção para os casos suspeitos de sepse começa logo na triagem, com a enfermeira checando os primeiros sinais clínicos. Confirmando a suspeita, o médico dá sinal verde para que seja aberto o protocolo.

A partir deste momento aciona-se um grupo formado por médico, equipe de enfermagem e técnico laboratorial que, de forma simultânea, faz a coleta de sangue e uma série de exames clínicos rapidamente. Em seguida, o protocolo prevê e garante a administração de antibióticosna primeira hora do diagnóstico.

10 de setembro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *