12 de março de 2018

Cardiologistas orientam como prevenir as doenças cardiovasculares

Cardiologistas Alayde Rivera, Eliane Bugarin, Sandra Batista, Rita Veras e Anabel Lima

Ouvimos cinco cardiologistas da Santa Casa de Maceió sobre os perigos para a saúde do coração da mulher. Elas deram dicas importantes para que você não faça parte da estatísticas das doenças cardiovasculares. Confira!

“A prevenção deve começar na juventude, aos 20 anos, principalmente em caso de hipertensão e diabetes e se houver na família histórico de morte súbita ou infarto.” Cardiologista Anabel Lima.

“A prevenção deve incluir hábitos saudáveis como atividade física, alimentação equilibrada e controle de peso, enfim, deve-se investir em qualidade de vida.” Cardiologista Rita Veras.

“Outro vilão da vida moderna é o estresse. Ele é extremamente nocivo e preocupa por afetar mais de 90% da população mundial. É tão perigoso quanto a hipertensão arterial e o fumo para favorecer eventos cardiovasculares.” Cardiologista Eliane Bugarin.

“Na menopausa, a baixa nos níveis de estrógeno representa um perigo a mais para a mulher. É preciso prevenir”. Cardiologista Sandra Batista.

“A campanha “Go Red For Women” (vista vermelho pela mulher) visa alertar a sociedade sobre a importância de se prevenir os fatores de risco para as doenças cardiovasculares. Os seis piores inimigos do coração são: sedentarismo, má alimentação, obesidade,  hipertensão, diabetes, dislipidemia (colesterol alto) e tabagismo”. Cardiologista Alayde Rivera

12 de março de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *