7 de outubro de 2019

Cardiologia da Santa Casa de Maceió recebe prêmio de excelência assistencial

De acordo com seus indicadores, instituição obteve reconhecimento internacional

A Cardiologia da Santa Casa de Misericórdia de Maceió participou, em setembro, do 74º Congresso Brasileiro de Cardiologia, em Porto Alegre. A instituição foi premiada, pelo segundo ano consecutivo no Programa Boas Práticas em Cardiologia, junto com doze dos dezesseis hospitais que hoje fazem parte desse importante programa de qualidade no Brasil.

Oscar Dutra, Sidney Smith, Ivan Rivera, Alayde Mendonça, Valessa Santana, Nayanne Luz e Fabio Taniguchi

A premiação foi conferida nas três áreas assistenciais avaliadas: Síndrome Coronariana Aguda, Insuficiência Cardíaca e Fibrilação Atrial, de acordo com seus indicadores de desempenho e qualidade assistenciais.

De forma inovadora no programa, a premiação PLATINUM, introduzida esse ano para reconhecer a manutenção ininterrupta dos indicadores acima de 85%, por 24 meses consecutivos, e concedida à Santa Casa de Maceió no braço de Síndrome Coronariana Aguda, coloca a Cardiologia da instituição em um patamar de excelência assistencial de reconhecimento internacional.

Nayanne Luz, Valessa Santana, Alayde Mendonça e Ivan Romero Rivera

“Por dois anos consecutivos, o trabalho de acompanhamento dos Indicadores Assistenciais do Programa Boas Práticas em Cardiologia levaram ao reconhecimento que a Cardiologia da Santa Casa de Maceió realiza um atendimento de excelência no cuidado ao paciente. Ficamos muito felizes com esta conquista, que mostra que estamos no caminho certo”, disse Maria Alayde Mendonça, gerente da Divisão de Ensino e Pesquisa da instituição.

O prêmio foi entregue pelo presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), Oscar Dutra, o representante da American Heart Association, Sidney Smith, e pelo responsável pelo programa no Brasil, Fábio Taniguchi, durante o V Workshop do Programa Boas Práticas em Cardiologia. Representando a Santa Casa de Maceió, receberam os prêmios os cardiologistas Maria Alayde Mendonça e Ivan Romero Rivera, e as enfermeiras Nayanne Luz e Valessa Santana, responsáveis pelo gerenciamento do programa na instituição.

Programa

Utilizando indicadores de desempenho, qualidade e desfecho, o Programa Boas Práticas Clínicas em Cardiologia busca identificar pontos de melhoria na assistência, os quais são trabalhados de forma compartilhada pela equipe assistencial, visando atingir a excelência. Na Santa Casa de Maceió, desde o início do programa, têm sido promovidas reuniões, cursos de atualização e produção de material educativo para os pacientes, na busca incessante do que é melhor para o paciente.

“O programa será mantido pelo serviço de Cardiologia, nos três braços de atuação, traduzindo o compromisso da equipe com a melhoria assistencial contínua aos pacientes da instituição”, finalizou Maria Alayde Mendonça.

 

7 de outubro de 2019