21 de novembro de 2019

Circuito Santa Casa leva 4 mil atletas para as ruas de Maceió

Por mais um ano, o Circuito Santa Casa atraiu uma multidão de atletas e espectadores para a orla da Pajuçara. Com 4 mil inscritos, as provas de 5 e 10 km, caminhada e Kids foram bem disputadas e cumpriram o objetivo da instituição de promover a saúde e o esporte entre os alagoanos.

Mais de 4 mil pessoas participaram do Circuito Santa Casa 2019

“Mais uma edição do Circuito Santa Casa que foi um sucesso. É uma alegria muito grande ver o nome da Santa Casa de Misericórdia de Maceió promovendo saúde, com todos os corredores e a sociedade alagoana apoiando o evento. Esse foi um momento de satisfação para nós que somos dirigentes da instituição e parabéns a todos os colaboradores que estavam radiantes com esse momento. Só temos que agradecer a todos que contribuíram para o sucesso da corrida”, afirmou o provedor da instituição, Humberto Gomes de Melo.

Diretores, médicos, colaboradores, crianças e atletas vinculados a instituições, como o Exército, disputaram as várias categorias definidas pela organização. “Que venham outras corridas. Que o Circuito seja um incentivo, cada vez mais, não apenas para os colaboradores da Santa Casa de Misericórdia de Maceió, mas para a sociedade alagoana, pois é qualidade de vida”, reforçou a psicanalista Rosinete de Mendonça Melo.

Diretoria da Santa Casa de Maceió no Circuito Santa Casa

Para o diretor médico da Santa Casa de Maceió, Artur Gomes Neto, o Circuito reforçou a missão da instituição. “Corri e andei 5 km. Cumpri a meta que havia estabelecido. Mas é isso, a Santa Casa tem que lutar pela saúde da população, dos pacientes que estão internados. O Circuito é mais um evento que é um sucesso, com um público enorme, mais de 4 mil pessoas na orla da Pajuçara”, disse.

Organizado pela Gerência de Marketing, a largada ocorreu às 17 horas na Praça Multieventos, local que recebeu uma superestrutura de apoio aos corredores, familiares e profissionais da Santa Casa de Maceió, além de diversão para a criançada.

Este ano, o Circuito Santa Casa homenageou os Jangadeiros Alagoanos, um grupo de pescadores que, em 1922, saíram do Jaraguá, em Maceió, e foram até o Rio de Janeiro a bordo de uma jangada para comemorar o centenário da Independência do Brasil.

André Carneiro, gerente de Marketing da instituição, ressaltou que o Circuito Santa Casa é a maior corrida do estado. “São aproximadamente 4 mil participantes. Terminamos uma corrida e, praticamente, já começamos a planejar a outra, pois exige toda uma logística para montar um evento cheio de detalhes. Temos que pensar no percurso, no tema, na banda que vai se apresentar, nos fornecedores e patrocinadores que nos apoiam. Sem eles essa corrida não seria viável”, contou.

“A cada ano tentamos fazer um evento especial, uma corrida que reúne mais de 3500 corredores, e a Comercial Mostraerte, Grupo CDM e a B Braun estão sempre junto da Santa Casa de Maceió, colaborando para a realização do evento que é uma oportunidade de congraçamento de todos os que fazem a instituição”, pontuou o superintendente de Produção Assistencial e Suprimentos, Severino Moura.

Bombeiros civis fizeram a recepção aos atletas na chegada para averiguar as condições de saúde e uma unidade móvel de pronto atendimento manteve-se de prontidão também na chegada. Atletas vencedores sem vínculo com a Santa Casa receberam premiações em dinheiro. Já os atletas vinculados à instituição ganharam troféu, medalha e o reconhecimento de todos.

Famílias marcaram presença no evento esportivo

Para a oncologista, Flávia Alencar, mãe de Beatriz e Bernardo, o sentimento de união foi reforçado no evento. “A corrida representa promoção de saúde, união de família e desenvolvimento do espírito esportivo ao compartilhar esses momentos. Estamos no Novembro Azul e também é uma forma de promover a saúde, com a corrida e a caminhada. Meus filhos ficaram em primeiro lugar em suas categorias. Foi muito divertido”, disse a médica.

Vencedores

Aos 34 anos, a funcionária pública Iris da Silva saiu de Olho D’água das Flores para testar seus limites. E deu certo. “Não tenho nem como explicar. Não estava contando chegar em primeiro lugar, pois são treinos muito árduos para tentar uma boa colocação. É a primeira vez que participo do Circuito Santa Casa”, disse a atleta.

Ícaro da Silva, vencedor da prova de 10 km, a sensação era de satisfação. “Há muitos anos treino para a performance e tenho um grande objetivo para o ano que vem, que é participar da minha primeira maratona como profissional. Fazer uma prova dessa e ganhar, mostra que estou no caminho certo”, disse o atleta de Maceió.

 

21 de novembro de 2019