30 de janeiro de 2020

Cartão Vida e Saúde foi um dos destaques do Almoço com o Provedor

Com 168 anos de história, a Santa Casa de Misericórdia de Maceió segue em constante evolução. Entre as iniciativas de sucesso discutidas durante o Almoço com o Provedor da última sexta-feira (24) está o Cartão Vida e Saúde, que oferece descontos em exames e consultas para mais de  260 mil usuários. No encontro semanal também foram abordadas a ampliação na estrutura física da instituição e ações de humanização.

Colaboradores em mais uma edição do Almoço com o Provedor

“As reuniões estão cada vez mais enriquecedoras. Sugeri ao gerente de Gestão de Pessoas, Sílvio Melo, mesclar os setores para podermos ampliar a discussão. Na última semana, a reunião foi com a equipe de Infraestrutura e tivemos uma riqueza de temas muito grande. Mas nem todos conseguiram falar”, disse o provedor Humberto Gomes de Melo, que, junto com sua esposa, a psicanalista Rosinete de Mendonça Melo, criou o Almoço com o Provedor.

O Cartão Vida & Saúde é resultado do engajamento e esforço contínuo da Gerência de Marketing, do corpo clínico e dos colaboradores da Santa Casa de Misericórdia de Maceió. Em 2019, o produto completou 12 anos com facilidades oferecidas ao cliente e evidenciadas através de pesquisas de fidelização realizadas mensalmente pelo serviço.

“A ideia do cartão já existia e acreditamos nela, pois existe uma fatia da sociedade (classes B, C, e D) que não utilizavam os nossos serviços por achar caro. Hoje, se fossemos um plano de saúde teríamos mais que o dobro de usuários que a maior operadora do Estado. Ao longo destes 12 anos o Cartão Vida & Saúde ultrapassa os 260 mil usuários beneficiados. Dispomos de um portfólio completo de especialidades médicas e exames”, disse o diretor de Marketing e SADT, André Carneiro.

Conversa informal sobre temas que são destaques nos setores convidados para o encontro

O cadastro para o serviço pode ser feito via web. Ao finalizar a inscrição, um número de protocolo será emitido e o usuário terá a liberdade de escolher quanto à forma de recebimento do cartão, uma vez que há a possibilidade de recebê-lo em sua própria residência ou no próprio Serviço do Cartão Vida & Saúde, localizado na Rua Dias Cabral, Nº 384.

A supervisora administrativa do consultório eletivo, Patrícia Cabral da Silva, destacou o impacto do Vida & Saúde na rotina dos pacientes. “Recebemos muitos pacientes do ambulatório com o cartão. Ele é o terceiro mais usado em relação aos planos de saúde. Isso vem aumentando a cada ano, por esse motivo tentamos a fidelização com o melhor atendimento. Ampliamos nosso ambulatório de ortopedia e melhoramos o atendimento para evitar aglomerações, o que traz a visão para os clientes de que temos serviços de primeira”, afirmou.

Carlos André de Mendonça Melo, Vânia Maria Pereira e Fernanda Mendes de Almeida falaram sobre os projetos da Superintendência de Engenharia e Infraestrutura

“Em uma ocasião, Patrícia me mandou uma foto do ambulatório eletivo cheio. A Santa Casa foi criada para cuidar dos mais carentes que não tem plano de saúde ou estão à procura de um serviço de qualidade. Disse a ela que não adiantava fazer um padrão de luxo sem estudo. Precisamos de mais espaço. O desafio do arquiteto é calcular o fluxo de pessoas entrando e sendo atendidas”, explicou Carlos André de Mendonça Melo, superintendente de Engenharia e Infraestrutura.

No ano passado, a Arquitetura da instituição trabalhou em 88 projetos com demandas em vários setores. “Nossos desafios são constantes, pois o hospital tem um estilo bem complexo. Conseguimos, ao longo dos anos, modernizá-lo sem deixar de agregar a história, e isso acontece a partir da escolha dos materiais até a forma de execução da obra”, contou a arquiteta Fernanda Mendes de Almeida.

Sílvio Melo, gerente de Gestão de Pessoas, reforçou que o trabalho da arquitetura traz conforto a quem passa pela instituição. “A radioterapia e o ambulatório geral eram ambientes muito pesados. Hoje se percebe um ambiente mais aconchegante, com cores que suavizam a passagem pelos locais. Os pacientes e colaboradores sentem a diferença”, disse.

O advogado Ademar Motta ao lado do provedor Humberto Gomes de Melo

Entre os convidados do Almoço com o Provedor, a equipe do Jurídico da Santa Casa de Maceió participou pela primeira vez do encontro. “Temos grandes empresas em nosso portfólio e, vez ou outra, o assunto cai sobre hospitais. Sou testemunha viva de que na gestão de Humberto Gomes de Melo, a Santa Casa de Maceió está mais perto da população. O provedor trouxe uma visão social e empresarial que busca atender pacientes, colaboradores e seus fornecedores. A Santa Casa de Maceió é motivo de orgulho para o nosso escritório, para o estado de Alagoas, pela visão de futuro que a gestão tem. É um diferencial que poucas empresas possuem”, disse o advogado da Mota Advocacia, Ademar Motta.

Constante expansão

“Entrei como estagiária e agora sou engenheira hospitalar. Quem está aqui há muito tempo, assim como eu, pode ver o quanto o hospital mudou. Este ano temos muitos projetos para serem concretizados e estão sendo colocados em pauta. No ano passado pegamos todas as pequenas obras, como a reforma da Hemodinâmica, que está na terceira etapa; também estamos na área de vestiários; reforma da unidade Santa Ana e São Joaquim; estamos finalizando a unidade Irmã Inocência. Fizemos mudanças no antigo almoxarifado e temos o corredor Santo Antônio de Pádua que vai ligar a portaria principal até o ponto de apoio da Santacoop dentro do hospital”, disse Vânia Maria Pereira, que está há 27 anos na Santa Casa de Maceió.

Para Luzalaneide de Souza Silva, coordenadora de negócios da Serviço de Atendimento em Diagnóstico e Tratamento (SADT), o investimento na expansão se reflete na melhoria do atendimento. “Iniciei na Santa Casa de Maceió como recepcionista e não parei mais. Vemos um desejo constante da instituição de melhorar a qualidade do atendimento do paciente e já sentimos isso. Basta ver como o hospital avançou”, disse a colaboradora.

O sentimento é o mesmo de Jucileia de Fátima Calumbi Alves, supervisora de raio-x. “Comecei na recepção e fui crescendo cada dia mais. Hoje só se vê coisa boa instituição. Se um dia sair daqui posso dizer que fiz parte da evolução da Santa Casa de Maceió”, afirmou.

Ações que merecem elogios

O Correio de Elogios é uma iniciativa do Serviço de Ouvidoria que busca reconhecer e surpreender os colaboradores em seu local de trabalho com uma cartinha dos pacientes. Ele acontece bimestralmente. Os elogios recebidos são contabilizados da seguinte forma: de um a nove elogios, estrela bronze. De 10 a 19, prata. Acima de 20 elogios, o colaborador recebe estrela ouro.

Correio de Elogios é uma das ações de valorização dos colaboradores da Santa Casa de Maceió

“O reconhecimento é algo que não tem preço, pois motiva a equipe a fazer mais e melhor. No dia 6 de fevereiro vamos ter um coquetel para os colaboradores que receberam estrela ouro”, contou Thamirys Nunes dos Santos, supervisora administrativa da Ouvidoria.

A psicanalista Rosinete de Mendonça Melo lembrou que as estrelinhas do Correio de Elogios foi tema do primeiro Almoço com o Provedor de 2020. “Naquela ocasião, “distribuímos” estrelinhas a todos os colaboradores que participaram do evento. Tivemos a presença do cirurgião Aldo Barros que ficou encantado com o que ouviu. Ele ficou sabendo mais sobre o trabalho que acontece aqui dentro. Não estou na Santa Casa todos os dias, mas fico encantada com o que vejo”, destacou.

Entre os assuntos destacados no Almoço, algumas ações da Gerência de Marketing foram pontuadas. “A cobertura da mídia social na visita de uma ex-colaboradora da Santa Casa de Maceió foi muito bem recebida. Dona Odete reviu as instalações do hospital onde passou 30 anos de sua vida trabalhando. Ao fazer 90 anos, realizou seu desejo de voltar ao local que marcou sua história. Também entregamos a ela uma cópia do contrato de trabalho”, disse o provedor Humberto Gomes de Melo.

César Amâncio (publicitário), Taciana Gomes (Himanização) e André Carneiro (Marketing e SADT): ações de comunicação e humanização também foram destaques no Almoço com o Provedor

O publicitário José César da Silva Amâncio acompanhou estas e outras ações na Santa Casa de Maceió. “A resposta foi muito positiva. Filhos de outros colaboradores se pronunciaram sobre a ação e registraram o desejo de fazer o mesmo. Nosso trabalho pode mudar a forma como a instituição é vista lá fora, pois tratamos de forma humanizada nossos pacientes e colaboradores. Estamos em segundo lugar entre os hospitais mais seguidos no estado. Hoje todo mundo está conectado e tudo o que mostramos gera uma repercussão, como no casamento realizado na Santa Casa Rodrigo Ramalho no ano passado. O vídeo viralizou e virou notícia”, contou.

“Estar na Santa Casa de Maceió é uma grande oportunidade para aprender. Circulo muito pelo hospital e nos treinamentos vimos que estamos fazendo um novo momento para a instituição, priorizando a humanização. Não adianta dizer que faz e não se colocar no lugar do outro”, disse Taciana de Amorim Barros Gomes, gestora de Humanização.

 

 

 

 

 

 

30 de janeiro de 2020