27 de julho de 2020

AO VIVO | Santa Casa de Maceió fará mais uma transmissão de cirurgia endovascular

Expansão do Programa de Educação e Capacitação Médica Avançada à distância se consolida na instituição e transmissões são acompanhadas por centenas de especialistas da Ásia e Europa

O SAVE (Serviço Avançado de Cirurgia Vascular e Endovascular) da Santa Casa de Misericórdia de Maceió realizará na terça-feira (28), mais uma videotransmissão internacional ao vivo das dependências hospital, em associação com o Prof. Dr. Jihad Mustapha, da Michigan State University em parceira com o American College of Cardiology. A audiência esperada é de 5 mil participantes.

Equipe do Serviço Avançado de Cirurgia Vascular e Endovascular durante procedimento

A iniciativa é mais uma etapa do Programa de Educação Médica Continuada que a instituição alagoana promove junto com uma série de parceiros na Europa, nas Américas e na Ásia. Ao todo, já ocorreram 21 atividades deste novo programa, as quais se iniciaram com foco em especialistas do Brasil, mas, que, rapidamente, progrediram para atividades voltadas ao continente. Nos últimos meses a iniciativa foi ampliada para Ásia e Europa. No dia 30 de junho, mais de 10 mil participantes de todo o mundo acompanharam uma das videotransmissões.

As atividades variam desde videoaulas, videoconferências interativas, congressos virtuais, discussão de casos editados e transmissão de casos ao vivo, tais como o último procedimento realizado no Serviço de Hemodinâmica do hospital no início do mês.

Cirurgião endovascular Bruno Freitas coordena as atividades na Santa Casa de Maceió“A transmissão dessa cirurgia ao vivo veio nesse contexto da pandemia e mostrou um paciente gravíssimo e com complicações trombóticas associadas ao Sars-Cov-19 (Covid-19). Foi uma transmissão para colegas da China, demais países da Ásia e Europa e contou com mais de 160 participantes consolidando o SAVE da Santa Casa de Maceió nessa área. Esse tipo de atividade é uma vitória de muitos e fruto do empenho da instituição em prestar um serviço de excelência e de vanguarda na área da Angiorradiologia Intervencionista de cirurgia vascular minimamente invasiva”, disse o chefe do Serviço, o cirurgião endovascular Bruno Freitas, que coordenou as atividades das instalações do hospital por videoconferência.

De acordo com o especialista o SAVE, apesar de contar com apenas três anos desde a sua criação, o programa tem colhido frutos muito consistentes, com a formação de profissionais em nível regional, nacional e internacional. “O reconhecimento da comunidade médica é o coroamento do enorme investimento no parque tecnológico e em recursos humanos, envolvendo, inclusive, a abertura de um programa de residência avançada na área, um programa de fellowship internacional e o estabelecimento de um polo de pesquisas avançadas em nossa instituição”, destacou.

Hospital investe no compromisso social

Minimamente invasiva, técnica retira trombos por meio de um dispositivo inovador

Na última videotransmissão, o paciente foi operado através do Sistema Único de Saúde (SUS) com uma técnica inovadora e minimamente invasiva, a qual retira trombos por meio de um dispositivo inovador, em uma parceria entre a Santa Casa de Maceió e a Secretaria Estadual de Saúde de Alagoas (Sesau). O procedimento é indicado para pacientes graves, com múltiplas doenças crônicas, idosos, obesos, pacientes com alto risco cirúrgico, e oferece uma alternativa mais segura e menos agressiva para o tratamento de uma enfermidade muito grave e de altíssimo risco. Muitos destes procedimentos podem ser realizados apenas com anestesia local e sem incisões.

“Aqui, como tudo o que se faz na Santa Casa de Maceió, o compromisso social é prioridade mandatória. Procedimentos que em nosso País são somente acessíveis aos usuários de planos de saúde, aqui são igualmente oferecidos aos pacientes do SUS”, destacou o Prof. Bruno Freitas.

27 de julho de 2020