23 de março de 2021

Santa Casa de Maceió reforça presença em eventos mundiais

Caso de trombose venosa foi visto por mais de 1300 pessoas em congresso europeu

O SAVE (Serviço Avançado de Cirurgia Vascular e Endovascular da Santa Casa de Maceió) segue consolidando seu nome nos eventos internacionais. Em fevereiro foi realizada mais uma videotransmissão ao vivo de um complexo caso tratado no Serviço de Hemodinâmica do hospital. A iniciativa faz parte do Programa de Educação Médica Continuada que a instituição alagoana promove junto com uma série de parceiros na Europa, nas Américas e na Ásia.

Conduzida por Bruno Freitas transmissão marcou retorno das atividades acadêmicas

Com o auxílio dos cirurgiões Bruno Freitas, Wellington Mandinga e Bruno Veloso, o procedimento endovascular foi executado em um paciente com trombose extensa que ia desde as veias mais profundas e principais da coxa até a principal veia do abdômen (veia cava inferior). Com o surgimento de modernas técnicas bem menos invasivas, é possível tratar e retirar os trombos por meio de cateteres (dispositivos de aspiração) e angioplastia, evitando assim procedimentos mais extensos e agressivos como a cirurgia aberta.

O chefe do Serviço, o cirurgião endovascular Bruno Freitas, coordenou as atividades das instalações da Santa Casa de Maceió por videoconferência e foi acompanhado por mais de 1300 especialistas espalhados pelo mundo. “As técnicas menos invasivas são relativamente novas e atraem a atenção da comunidade acadêmica. Nesse último caso, realizado no início de fevereiro, tivemos a mediação do chefe da Universidade de Varsóvia, na Polônia. De certa forma, esta transmissão marcou o retorno do departamento nas atividades acadêmicas, sendo o quarto caso ao vivo que conduzimos em 2021, o segundo com audiência internacional”, disse o especialista.

Participação no Leipzig Interventional Course (LINC), da Alemanha

A atividade marcou um período festivo do Serviço, que comemora a formação do seu primeiro cirurgião endovascular, o especialista Bruno Velloso, que finalizou sua residência médica no final de fevereiro.

ALEMANHA – No final de janeiro, a equipe do SAVE transmitiu um caso para outro grande evento na Europa, o Leipzig Interventional Course (LINC), desta vez na Alemanha. “Nossa intenção é estar sempre inserindo a Santa Casa de Maceió como centro formador de opinião e de novas tecnologias no ambiente acadêmico na área de cirurgia vascular”, reforçou Bruno Freitas.

 

 

 

 

 

23 de março de 2021