26 de outubro de 2021

Santa Casa de Maceió recebe visita do senador Fernando Collor de Mello

O provedor da Santa Casa de Maceió, Humberto Gomes de Melo, recepcionou o senador Fernando Collor de Mello durante visita à instituição, na manhã desta terça-feira (26). O político alagoano também foi recebido por diretores, superintendentes, gestores, assessores e coordenadores do hospital.

Senador Fernando Collor de Mello com o provedor Humberto Gomes de Melo durante visita à Santa Casa de Maceió

 

“Foi uma alegria grande receber o senador Fernando Collor. Foi possível mostrar algumas das reformas que foram feitas, e um pouco do que vem sendo realizado neste momento. O desejo da instituição é que ele continue sua trajetória de procurar fazer o bem para Alagoas e para os mais necessitados”, disse o provedor.

Diretores, superintendentes, gerentes, gestores, assessores e coordenadores acompanharam as falas do senador

 

Durante o encontro, o senador destacou diversos pontos do trabalho executado pela instituição. “São 170 anos da Santa Casa de Maceió, somente isso diz muito bem de todo o trabalho que foi executado ao longo desses anos em uma instituição quase bicentenária. Hoje, a frente do idealismo, da competência, da capacidade de trabalho e da visão do Dr. Humberto, estamos vendo a Santa Casa florescer a cada ano. Cada visita que aqui faço é nítida a mudança realizada graças ao esforço inaudito do provedor e de sua equipe. Hoje vemos aspectos novos de atendimento e de tecnologia, e fico muito feliz em poder voltar aqui e presenciar isso, ver em loco que todos os prêmios que a instituição vem recebendo, não somente no Brasil, mas do mundo, são mais que merecidos. A instituição é um orgulho para os alagoanos”, disse o senador Fernando Collor de Mello.

Carlos André de Mendonça Melo, superintendente de Infraestrutura da Santa Casa de Maceió, apresentou alguns setores do hospital

O provedor lembrou as dificuldades que o complexo hospitalar enfrenta, como a desatualização da tabela SUS, e lembrou que, nos 18 anos que está à frente da Santa Casa de Maceió, 2020 foi o único período com registro de prejuízo. “Foram 10 milhões de reais no ano passado, mas subsidiamos 44 milhões. Se tivéssemos recebido os valores relativos aos custos reais, teríamos tido um resultado positivo de 32 milhões que estariam sendo investidos na Santa Casa de Maceió. No ano anterior, tivemos um resultado positivo de 20 milhões, e o subsídio foi de 50 milhões. E assim tem sido todos os anos. Apesar disso, estamos revertendo a situação, pagando em dia nossos fornecedores e colaboradores, o que é uma questão de honra. No último dia de cada mês o dinheiro já está na conta. E não paramos de investir. Estamos hoje com uma lista enorme de ações dentro do hospital, algumas mostradas na passagem do senador, como a construção do edifício-garagem”, destacou Humberto Gomes de Melo.

 

 

 

26 de outubro de 2021