22 de março de 2013

Médicos elegem Santa Casa e José Wanderley entre hospitais e médicos "mais admirados do Brasil"

Cardiologista José Wanderley Neto é escolhido por seus pares

Cardiologista José Wanderley Neto é escolhido por seus pares

A Santa Casa de Maceió e o cardiologista José Wanderley Neto estão na lista dos hospitais e médicos mais admirados do Brasil, segundo pesquisa realizada pela Análise Editoria e publicada no anuário Análise Saúde 2013. A enquete lançou a seguinte pergunta aos médicos: se precisasse de atendimento especializado em determinada área, a qual hospital e médico recorreria.
Na área da cirurgia cardiovascular, os entrevistados citaram 22 instituições de primeira linha, citando a Santa Casa de Maceió e importantes centros como o Hospital Albert Einstein (SP), Hospital das Clínicas (USP-SP), Hospital do Coração (HCor-SP), Sírio-Libanês (SP), Instituto Dante Pazzanese (SP) entre outros.
Entre os cirurgiões cardiovasculares, o nome do cardiologista José Wanderley Neto aparece no seleto grupo de 39 profissionais citados pelos mais de 4 mil médicos consultados, dos quais 1,5 mil via entrevista direta.
Na publicação, o alagoano Wanderley Neto está ao lado de importantes nomes da cardiologia brasileira, como Adib Jatene, Noedir Stolf, Fabio Jatene, Eduardo Saadi entre outros. “É o reconhecimento de 40 anos de trabalho em prol do desenvolvimento da cirurgia cardiovascular no Brasil, no Nordeste e em Alagoas”, disse o cardiologista da Santa Casa de Maceió.
A história da cardiologia na Santa Casa de Maceió e em Alagoas se confunde com a própria história de José Wanderley Neto e seu grupo de colegas cardiologistas, que desembarcaram em Maceió em 1978. Ao ingressar na Santa Casa de Maceió, o grupo iniciou uma verdadeira revolução ao realizar, nas últimas quatro décadas, procedimentos como pontes de safena, implantes de "stents" e transplantes cardíacos. Tanto que, no período, nada menos que 20 mil pacientes entregaram suas vidas nas mãos do renomado cardiologista.
Numa época em que o eixo Rio-São Paulo detinha os melhores hospitais e profissionais, recebia vultosos recursos financeiros e centralizava uma série de pesquisas de ponta na área cardiovascular, Alagoas ousou criar um pólo de excelência em transplantes num Nordeste que estava à margem dessa realidade.
Com essa iniciativa, a Santa Casa de Maceió passou a receber recursos do Ministério da Saúde, que oxigenaram a instituição como um todo e que deram início a diversos investimentos em outras áreas do complexo hospitalar. A partir de então, Alagoas passou a irradiar conhecimento e avançadas técnicas em cirurgia cardiovascular para os demais estados do Nordeste.
Wanderley Neto lembra ainda o importante papel social da Santa Casa de Maceió nesse contexto, uma vez que 85% dos atendimentos da cardiologia no período foram de pacientes do Sistema Único de Saúde.

O Anuário
A editoria Análise Editorial lançou no início deste ano a terceira edição da publicação Análise Saúde, o mais completo levantamento realizado no Brasil a respeito dos médicos e hospitais mais admirados do país.
O anuário traz o perfil de 100 hospitais e 2 mil médicos que tuam em 50 especialidades e em mais de 80 cidades brasileiras. Em um país com cerca de 400 mil médicos, ser citado na pesquisa é um feito que merece destaque. Um detalhe importante, segundo comunicado da Análise Editorial, é que não há relação comercial ou financeira entre a editora e os profissionais e organizações citadas na enquete.

22 de março de 2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *